Filhos saudáveis: como criá-los com a ajuda do cuidado centrado na família

Filhos saudáveis: como criá-los com a ajuda do cuidado centrado na família

“É preciso de toda uma aldeia para educar uma criança”. Segundo o provérbio africano, a infância não é responsabilidade apenas dos pais, mas de toda a comunidade. Familiares, amigos, profissionais de saúde e educadores devem estar envolvidos nos cuidados desde o início da vida, potencializando o desenvolvimento global do pequeno.

Nesse contexto, o cuidado centrado na pessoa pode ser aplicado em um contexto familiar para promover a saúde e desenvolvimento de pais e filhos. Diferente das estratégias tradicionais, tal método de tratamento é mais humano e acolhedor. Seu objetivo é tratar o paciente de forma integral, levando em consideração fatores emocionais, psicológicos e o vínculo com o médico e a equipe.

O cuidado centrado na família, um dos braços do cuidado centrado na pessoa, defende que para promover a saúde de todos os integrantes, pais e profissionais de saúde devem estar igualmente envolvidos nos cuidados. Dessa forma, uma série de práticas devem ser adotadas. Entenda:

O cuidado centrado na família

De acordo com a Universidade de São Paulo (USP), o cuidado centrado na família deve ser aplicado tanto em momentos de prevenção, quanto de doença. Assim, desde a gestação, profissionais de saúde devem acompanhar os pais para apoiar as melhores práticas e oferecer orientações.

  • Promover o aleitamento materno exclusivo até os seis meses de idade e complementar até pelo menos dois anos;
  • Permitir que mãe e bebê partilhem o mesmo quarto após o nascimento;
  • Respeitar as escolhas da família, levando também em consideração sua cultura e religião;
  • Encorajar e facilitar a rede social da família e sua participação em grupos de apoio e recursos da comunidade. Familiares de crianças com doenças crônicas, por exemplos, devem ser encorajados a procurar apoio social ou psicológico, se necessário;
  • Acompanhar o desenvolvimento da criança, garantindo que ela compareça à todas as consultas recomendadas no pediatra;
  • Garantir à criança o direito de brincar;
  • Promover serviços de saúde flexíveis para atender as famílias de acordo com suas necessidades específicas;

 

  • Compartilhar com a família, de forma imparcial, todas as informações relativas à saúde de todos os integrantes;
  • Permitir que pais acompanhem os filhos durante exames e tratamentos hospitalares;
  • Promover a saúde física e emocional de toda a família.

No cuidado centrado na pessoa, a família deve ter autonomia para tomar decisões, assim como participar ativamente de todas as escolhas relativas ao seu bem-estar. Procure, então, por profissionais e serviços de saúde que permitam tal empoderamento.

Como promover a saúde da família

Para promover a saúde de toda a família, tudo começa pela participação dos pais na vida dos filhos. Portanto, além de procurar por serviços mais humanizados e acolhedores, que respeitem as escolhas dos pais desde o início da vida dos filhos, há algumas atitudes que podem ser adotadas no cotidiano.

Para educar crianças saudáveis deve-se começar pelo básico: boa nutrição e atividade física para toda a família, protegendo a todos de doenças como a obesidade, diabetes e uma série de outras condições crônicas. Os pais têm um papel importante na aquisição de bons hábitos e comportamentos do pequeno. Então, promova refeições saudáveis em família, assim como atividades culturais, ao ar livre e que estimulem tanto o desenvolvimento físico, quanto o intelectual.

A qualidade do ambiente doméstico também é fundamental nesse sentido. Isso não significa, é claro, viver com luxo. Porém, sua casa deve ser limpa, organizada e sobretudo um local tranquilo. Assim, promove-se também a saúde emocional de todos os moradores.

A família é a única constante na vida da criança. Por isso, ela deve estar presente em todas as etapas e âmbitos da sua vida. No entanto, a aldeia também deve participar. Lembre-se de que você, papai ou mamãe, não está sozinho nessa empreitada. Conte com a ajuda de profissionais que podem te dar suporte e promover uma vida mais saudável e feliz.

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *