Cuidado centrado no paciente e a odontologia humanizada

Cuidado centrado no paciente e a odontologia humanizada

Na área odontológica, o cuidado centrado no paciente e seu empoderamento também são importantes. Quando a pessoa porta a sua história clínica, muitos atendimentos de emergência podem ser agilizados e mais certeiros.

Isso ocorre principalmente quando pensamos na especialidade de implantodontia, que reabilita a cavidade oral com diferentes tipos de implantes e componentes protéticos, fornecidos por diversos fabricantes. Pelo cuidado centrado no paciente, o atendimento do cirurgião dentista pode ser mais aprimorado, agilizando tratamentos.

Pensando na saúde como um todo — não só na cavidade bucal — muitas doenças se manifestam na cavidade oral do paciente, como:

  • Doenças autoimunes: lúpus eritematoso sistêmico e eritema multiforme podem se manifestar como úlceras bucais;
  • Sífilis;
  • Anemia;
  • Leucemia;
  • Vírus do Papiloma Humano (HPV);
  • Pericardite (problemas cardíacos decorrentes de bactérias bucais);
  • Câncer bucal;
  • Câncer infantil;
  • Refluxo gastroesofágico (causa mau hálito);
  • Deficiências alimentares, como a falta de vitamina D e cálcio, que pode refletir nos dentes e na mucosa oral.

Pesquisa publicada no Journal of Dental Education destacou que o cuidado centrado na pessoa dentro da odontologia está relacionado ao ganho de confiança do paciente pelo dentista. Para isso, é preciso respeitar seus valores, preferências, necessidades e crenças, além de enfatizar sua liberdade de escolha enquanto promove conforto emocional e físico.

Outro artigo científico, disponível no site Archives of Health Investigation, afirma que os conceitos de acolhimento e bem-estar — relacionados ao cuidado centrado no paciente — são indissociáveis da promoção da saúde bucal. Portanto, ações de acolhimento na odontologia podem ser consideradas cruciais para melhorar a qualidade da assistência prestada.

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *